...pensamentos, meditações, esboços e outros apontamentos de um pastor!

05
Fev 09

Em muitas Igrejas Baptistas é costume falar de Educação Teológica durante o mês de Fevereiro. Creio que será importante despertar vocacionados para irem estudar no Seminário mas também é importante avivar "as vocações locais"


MENSAGEM
Texto Bíblico - Isaías 61:1-3; Jeremias 1:9-10
Propósito - Desafiar os crentes a dizer "eis-me aqui envia-me a mim", quando chamados por Deus para proclamar a Boa Nova da Salvação.

Introdução:
- Dia de Educação Teológica. Estes textos estão associados à chamada para o ministério e muitas vezes usados nas pregações do dia de Educação Teológica.
- O crente foi salvo para servir no Reino de Deus e serve-o proclamando a Boa Nova - levando o Evangelho de Jesus Cristo àqueles que estão na escuridão do pecado, que estão em trevas porque ainda não viram a Luz de Deus.
- Todos os crentes foram chamados para anunciar, para...

I. Proclamar liberdade aos cativos (ou seja, presos, sujeitos à escravidão):
- Cativos/escravos de superstições, crendices (devoção aos mortos, relíquias, etc.)
- Cativos/escravos de sentimentos como: amargura, rancor, ódio, inveja, ciúme, maledicência, mentira, hipocrisia
- Cativos/escravos de estilos de vida - que muitas vezes contribuem para a sua própria degradação enquanto homem (...)

II. Restaurar os contritos de coração:
- Quando anunciamos, o Espírito Santo fala ao coração do pecador. Quando este reconhece o seu pecado, e se arrepende, tem o firme propósito de virar as costas ao pecado e virar-se definitivamente na direcção de Deus,
- Fomos chamados para anunciar a salvação em Jesus Cristo eajudar a reparar vidas desfeitas pelo pecado, problemas, pressões da vida, desilusões, fracassos. (restaurar significa reparar, repor)
- Os Contritos de coração choram pelo seu pecado. Os que já foram consolados devem agora desempenhar o papel de consoladores. CONSOLAR - é aliviar a dor, o sofrimento de outra pessoa. É confortar, é animar, é colocar um novo sorriso no rosto daquele que chora.

III. Desempenhar esta tarefa
- Será possível eu desempenhar tal tarefa? Talvez não porque também eu me encontro preso a algo que não consigo me libertar (estilo de vida, sentimento, atitude)
- Como posso eu proclamar liberdade se não vivo a liberdade em sua plenitude? Não posso falar de liberdade se verdadeiramente não conheço o que é liberdade.
- É necessário romper com o estilo de vida que levamos e conformarmo-nos com o estilo de vida proposto por Deus. (Romanos 12:2) "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" - Não podemos tomar a forma deste mundo porque senão vamos fazer o mesmo que as pessoas deste mundo.

- É necessário que aconteça uma verdadeira metamorfose de pensamento, de coração, de estilo de vida... UMA TRANSFORMAÇÃO.

Conclusão:
- Proclamar liberdade ao cativos, abrir a prisão aos presos - foram-nos dadas as chaves do Reino que abrem toda e qualquer prisão, começando pela que eventualmente nos encontramos.
- Depois de Cristo (a Verdade) nos libertar, então, como homens e mulheres verdadeiramente livres, proclamemos liberdade aos cativos e ajudemos outros a saírem de suas prisões.
- Fomos ungidos para tal tarefa e temos o Espírito do Senhor sobre nós. (Mateus 28:19-20)
- Pensemos seriamente no desempenho da nossa tarefa. Ela também é nossa, não é só para os seminaristas, pastores, missionários.

(esta mensagem já tinha sido publicada no antigo blog da ieba, em 2006)

 

Pr. Jaime Fernandes - pechanense às 16:50

arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 

links

blogs SAPO